Zarinha Centro de Cultura

O Zarinha Centro de Cultura é um espaço privilegiado de diálogo e difusão de conhecimentos, através de cursos, palestras, debates, oficinas e outras formas de interação, ministrados ou mediados por professores e estudiosos de reconhecido saber. Trata-se de ambiente extra-acadêmico, em que não se prescinde de linguagem clara e rigorosa e precisão quanto às obras estudadas.

Missão

Nossa Missão

Ministrar cursos e prestar serviços relacionados à educação e à cultura, criando um ambiente propício para o aprendizado formal, estético e moral dos nossos clientes e da comunidade em geral; também investindo na valorização do idioma português e do saber filosófico para o desenvolvimento intelectual do ser humano..

Visão

Nossa Visão

Ser reconhecido como um polo de excelência em serviços educacionais, valorizando o idioma português, bem como as suas expressões artísticas, para, como isso, elevar o padrão da educação da sociedade.

Pelo Prazer da Cultura

Um espaço moldado pela cultura… É assim que pensamos nosso ambiente, com arte e conhecimento em cada detalhe. Essa proposta vai muito além das cadeiras escolares, está nas paredes repletas de quadros, de fotografias e de reproduções; está nas estantes recheadas de livros; está no gosto pelas aulas e pelos debates.

Nossos Princípios


Todas as atividades do Zarinha Centro de Cultura são orientadas pelos seguintes princípios:

1. O conhecimento

deve ser isento de dogmas.

2. O saber

é fruto de construção coletiva,que pressupõe o debate plural, a contradição e a dúvida.

3. A conversa,

a curiosidade, a reflexão, a expressão e o aprendizado devem ser motivos de prazer e instigação.

4. A linguagem

deve ser clara e acessível, de modo a proporcionar a comunicação eficiente e a apreensão das ideias.

5. A abordagem

do conhecimento deve ser, sempre que possível, interdisciplinar, contemplando visões de diversas áreas sobre a mesma questão.

6. Cursos,

palestras e debates devem adotar organização metódica, para que haja proveito máximo.

7. A educação

sólida decorre de anos de dedicação, portanto o contato com o conhecimento artístico, filosófico e científico deve ocorrer quanto antes, na vida do indivíduo.

8. O saber

é um modo de melhorar o ser humano, individual e coletivamente.